BLOG

Como transformar a sua comunicação para um novo recomeço?

Como transformar a sua comunicação para um novo recomeço?

25 de maio de 2020 às 11:19

Estamos passando por um período de transformação e sua empresa precisa se preparar para isso

Ah…as aulas de história, tantos fatos históricos, tantos heróis, tantas vezes em que acontecimentos gigantes mudaram a vida das pessoas, conduzindo-as a uma nova realidade, a um recomeço. Um exemplo disso é a Peste Negra. Sim, ela mesma! Por mais inusitado que possa parecer, muitos historiadores afirmam que ela foi um dos fatores que abriu caminho para um recomeço, mais conhecido como Renascimento.  

Qualquer coincidência entre essa afirmação e o que estamos vivendo agora, não é mera coincidência. Novamente, nos deparamos com um momento histórico, que nos conduzirá a um recomeço. A pandemia de coronavírus virou nossas vidas de cabeça para baixo. Essa é uma mudança que vem acontecendo de forma acelerada e não podemos fingir o contrário. 

Por isso, para se manter relevante, você precisa agir. Sua empresa será colocada a prova, e daqui a alguns meses, tudo será diferente. Alguns segmentos estão experimentando uma redução nas vendas devido a insegurança com o cenário econômico e incerteza financeira. Por outro lado, outros estão expandindo as vendas e o número de clientes.  

Nos dois cenários, o Marketing Digital é um caminho para se aproximar da sua audiência e criar conexões genuínas. Esse não é o momento de interromper o Marketing do seu negócio, mas sim, de adaptá-lo. É hora de mudar. Prepare a sua empresa, pensando, especialmente, a longo prazo. Transforme-a para o novo recomeço, ou como prefiro chamar, o “Novo Renascimento”.  

A nova realidade: como sua marca pode contribuir?

Você já se perguntou como seria o mundo sem o Renascimento? Será que durante a Peste Negra as pessoas conseguiam vislumbrar que aquilo conduziria a um recomeço que mudaria para sempre a história? É clichê, mas depois da tempestade, sempre vem o arco-íris. E aqui vai a pergunta mais importante: “Será que o arco-íris é para todos?”

Ninguém sabe como será a nova realidade, mas o que parece muito provável, é que estamos caminhando para um período onde o pensamento coletivo prevalecerá sobre a individualização. Diversas empresas já visualizaram isso, e transformaram a geração de valor para as suas comunidades no seu maior objetivo. O Facebook e o Google, dois gigantes da tecnologia, são bons exemplos. E é isso que você precisa fazer também.

Não sei em qual setor você atua, mas eu sei de uma coisa que vai fazer toda a diferença, não apenas agora, mas especialmente, quando a economia reabrir. Preste muita atenção no que eu vou falar: 

“Você precisa criar uma imagem positiva da sua marca para ontem. Essa é a hora de se posicionar e contribuir para o bem comum.” 

Pensar nas formas como a sua empresa pode contribuir para a comunidade agora é imprescindível. Os seus clientes atuais, e aqueles em potencial, vão procurar se conectar com marcas que pensam dessa forma. Apenas criar anúncios e apresentar ideias interessantes não será suficiente. Estamos saindo da fase da auto-apresentação para adentrar na era em que a visibilidade da marca está atrelada a sua contribuição para a sociedade. A pergunta que você deve se fazer nesse momento é…”O que a minha empresa pode fazer pela comunidade?”

Saia da caixa. Pare de focar em iniciativas voltadas para o individual. Esse é só o primeiro passo!

Como isso vai diferenciar a minha comunicação? 

Até agora eu falei sobre criar comunidade e fazer ações em prol de um bem maior, mas onde entra o Marketing e a Comunicação nisso? Em tudo, na verdade! É preciso adaptar o seu Marketing e a forma como seu negócio se comunica com o seu público para acomodar essas mudanças e trilhar o caminho rumo ao recomeço. 

Analisando esse novo cenário, eu te pergunto: “A sua ‘persona’ ainda é a mesma de antes e os seus hábitos de consumo continuam iguais?” Aposto com você que não, na verdade, tenho 99,9% de certeza! O que estamos vivendo trouxe novos desafios, nos fez mudar de rota, rever nossos objetivos, sonhos e desejos. Sem falar, que fomos obrigados a adotar novos hábitos de consumo. 

As suas ações de Marketing devem ser voltadas para o coletivo, com o objetivo de criar uma percepção positiva da marca. A empresa deve ser apresentada da forma mais humana possível. Sua imagem deve ser de alguém que se preocupa com o todo e é capaz de criar comunidades, abraçando causas relevantes que conversam com o seu propósito. Nessa nova realidade, é necessário olhar profundamente para os seus clientes. Assim, você conseguirá compreender quem eles são agora e redesenhar a jornada de compra, entendendo-a de forma mais ampla e completa. 

Acima de tudo, sua empresa precisa se posicionar. Eu sei, já falamos sobre isso, mas nunca é demais repetir, porque é algo fundamental em momentos como esse e faz parte da construção de uma marca sólida. Através do Marketing, a empresa se relaciona com o seu público, e sua comunicação deve seguir essas novas tendências, para criar e manter conexões genuínas com a sua audiência. Seja criativo e monitore o seu mercado e o comportamento da sua persona para estar sempre um passo à frente. 

Separamos algumas dicas para te ajudar nessa jornada.   

Pense ações transformadoras a partir da visão, missão e valores da sua empresa

Todos os dias somos bombardeados com notícias, vídeos, artigos e publicações sobre os cuidados necessários para prevenir o coronavírus. Evite aglomerações, use máscaras, lave bem as mãos, use álcool gel. Vou parar por aqui porque você, com certeza, já ouviu tudo isso dezenas de vezes. Mas me permita explicar no próximo parágrafo porque eu abordei algo que está tão batido.  

Falamos tanto sobre a importância da sua empresa empreender ações em prol do bem da comunidade, que pode parecer óbvio ou, até mesmo natural, fazer algo que ajude as pessoas a seguirem essas recomendações. Você pode pensar em produzir ou distribuir álcool gel, máscaras ou EPIs. Porém, vou fazer mais uma pergunta. Eu sei que já fiz muitas, mas prometo que essa é tão importante quanto as outras.  

“Será que ações como essas conversam com os valores, missão e visão da sua marca?”

Se a resposta é sim, então “se joga de cabeça sem medo de ser feliz”. Após um bom planejamento, é claro! Porém, se a resposta é um sonoro não, pense naquilo que é mais valioso para a marca e estabeleça as ações a partir disso. 

Um exemplo, sobre o qual você deve ter ouvido falar, é o Magazine Luiza. A empresa criou uma plataforma digital de vendas com o objetivo de ajudar micro, pequenos varejistas e autônomos a manter seus negócios ativos. Além disso, ela anunciou diversas outras medidas para garantir a saúde e a segurança dos seus colaboradores, parceiros e clientes. 

Segundo uma executiva da rede, o “Magalu” acredita que as marcas devem estar presentes em quatro dimensões:

  1. Apoio a sociedade;
  2. Apoio ao ecossistema;
  3. Medidas protetivas aos funcionários;
  4. Apoio aos consumidores. 

Esse é de fato o “espírito” que a sua empresa deve incorporar a partir de agora, mas pense as ações para cada um desses pilares de acordo com a sua visão, missão e valores. Só assim, você estará de fato contribuindo e transformando. Pode ter certeza que você colherá os frutos.   

Comprove o seu propósito

Muito se fala em marcas com alma, ou seja, marcas que têm um propósito definido. Ter um propósito é importante para que a sua marca se fortaleça comercialmente e institucionalmente. Porém, propósito é muito mais do que uma bela mensagem que figura ao lado da missão, visão e valores da empresa, ele precisa fazer parte do dia a dia do negócio. Isso é fundamental nesse momento em que recomeço, renascimento e transformação são as palavras de ordem.  

Aqui na Arerê temos como propósito transformar a forma como marcas se conectam com pessoas. É isso que fazemos todos os dias. Inclusive, esse post de blog é uma forma de comprovar nosso propósito, pois nosso principal objetivo é ajudar você a entender a importância de adaptar a sua comunicação a nova realidade e auxiliá-lo nesse caminho. Ao fazer isso você conseguirá se conectar com as pessoas de forma verdadeira e autêntica. Voilá, propósito cumprido. 

Lembre-se, é nos momentos mais desafiadores que conhecemos quem realmente é nosso amigo, quem está com a gente e não vai soltar nossa mão. Portanto, materialize o seu propósito e use o seu Marketing com sabedoria para demonstrar isso. Dessa forma, você conquistará não apenas um público fiel, como também admiradores e propagadores da sua marca. 

Tome decisões rápidas

Conforme eu falei lá no início, a transformação está acontecendo de maneira muito acelerada e você não pode virar as costas para isso. O processo de tomada de decisão precisa acompanhar a velocidade das mudanças. 

Voltando ao exemplo do Magazine Luiza, foi exatamente isso que a titã varejista fez. Em pouco tempo ela tomou a decisão de criar a plataforma, executou e divulgou a iniciativa, saindo na frente. Mudanças aceleradas, exigem decisões rápidas.    

Mantenha os canais internos abertos e diminua o engessamento das hierarquias para que as ideias possam fluir com agilidade. Assim, suas estratégias de comunicação serão muito mais assertivas e acompanharão todas as transformações que estão acontecendo. 

Juntos somos mais fortes

Como falamos exaustivamente, esse é o momento do coletivo. Além de criar ações em prol da sua comunidade, busque estabelecer um laço de cooperação com outras empresas. Cadeias produtivas inteiras estão enfrentando desafios enormes, por isso, a colaboração deve ultrapassar as barreiras da competição. 

Ao nos unirmos conseguimos remar em uma mesma direção. Dessa forma, somos capazes de pensar e colocar em prática ações maiores e mais significativas. A consequência disso é que a comunicação ganha outras proporções, pois a nossa mensagem alcança mais pessoas, ao mesmo tempo em que fortalece nossas marcas como empresas que se importam com a comunidade de forma ampla.  

Além disso, a união nos torna mais fortes e corajosos para enfrentar o mar revolto no qual nos encontramos agora rumo a um novo recomeço.  

Conte uma história que se conecte com o momento atual

Contar histórias é uma estratégia bastante usada pelo Marketing para engajar o público. Você já deve ter lido um artigo de blog ou postagem, se deparado com uma postagem em redes sociais, ou mesmo assistido um vídeo que contava uma história que prendeu a sua atenção porque você se identificou com ela. Isso significa que quem escreveu ou gravou aquele conteúdo o conhece tão bem que produziu algo que parecia feito sob medida para você. Mas isso só é possível porque aquela empresa entende muito bem quem é a sua persona e como ela se comporta na jornada de compra.   

Você deve lembrar que eu falei que a sua persona e a jornada de compra dela não são mais as mesmas, o que significa que as histórias contadas antes de toda essa revolução, provavelmente, não são mais tão efetivas. Revisite a sua persona e entenda a sua jornada de compra hoje.

Em seguida estabeleça o que você quer que os seus clientes falem sobre você e como a sua história pode contribuir para a sua persona e para a comunidade na qual ela está inserida. Não esqueça que essa abordagem também precisa se relacionar com a narrativa da sua marca. 

Apenas contar histórias não é suficiente. Você precisa seguir esses passos para conseguir desenvolver histórias que conectem com a sua audiência de hoje! 

Prepare-se para o futuro 

Todas essas mudanças são um caminho sem volta em direção a um novo recomeço. Como já dizia Lulu Santos: “Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia…Não adianta fugir nem mentir pra si mesmo agora”. Portanto, prepare-se não apenas para o momento atual, mas também para o futuro.  

No tópico anterior eu falei sobre a importância de rever a sua persona para entender quem ela é agora, mas esse deve ser um processo contínuo. Afinal, a sua persona de hoje não é mais a mesma de antes. E ela vai mudar diversas vezes nos próximos meses, afinal, ainda passaremos por muitas transformações. 

Por isso, você precisa revisitá-la com frequência para entender seus medos, receios e objeções. Isso lhe dará munição para construir conteúdos capazes de mostrar que você está ali para ampará-la em todos os momentos, criando uma percepção positiva da marca. Ao mesmo tempo, você conseguirá quebrar essas objeções, o que lhe ajudará a fazer negócios, talvez não agora, mas sem dúvida em um futuro muito próximo. 

A audiência que você construirá ou já está construindo vai se manter fiel e propagar a sua mensagem. Mas para isso, seu Marketing precisa estar preparado. O conteúdo bem feito e que comunique a mensagem certa é imprescindível para se preparar para esse novo recomeço.   

Muitos estão definindo esse momento como um teste de fogo para os negócios, mas nós preferimos encarar por um outro ângulo. Esse é um momento de transformação, de recomeço e de renascimento, mas apenas para quem tiver resiliência, coragem e ousadia para mudar a perspectiva e trilhar o caminho rumo ao arco-íris.  

O que você está fazendo para alcançar o arco-íris?

NEWSLETTER

Não perca nenhuma novidade! Assine nossa newsletter para acompanhar nosso conteúdo.