BLOG

8 estratégias para aumentar as vendas do seu e-commerce

8 estratégias para aumentar as vendas do seu e-commerce

28 de setembro de 2020 às 19:07

Confira oito estratégias do Inbound Marketing infalíveis para aumentar as vendas do seu e-commerce

As conversões são a chave para a sobrevivência de qualquer e-commerce. Se você tem um, sabe muito bem do que estamos falando. Mas pensar em conversão apenas como venda e focar nisso o tempo todo, é um grande erro. Antes de mais nada, é preciso atrair tráfego para a sua loja, para então converter esses visitantes em leads e clientes.

O que você deve lembrar sempre é que a maior parte dos visitantes ainda não está no momento de decisão de compra. Por isso, apenas um belo anúncio não será suficiente. Oferecer para eles outras opções além da compra, é o caminho para cativá-los e educá-los com informações capazes de satisfazer as suas necessidades.  

Hoje, vamos falar sobre oito estratégias que vão te ajudar em todos esses passos, resultando no que você mais deseja: aumentar as vendas do seu e-commerce. 

O comportamento do consumidor no ambiente digital

O avanço tecnológico é responsável por uma completa mudança nos hábitos dos consumidores. Antigamente, costumávamos ir em diversas lojas realizar pesquisa e, justamente por isso, as informações fornecidas pelos vendedores eram muito valiosas para escolher a melhor solução. Hoje, tudo mudou! A internet, especialmente o Google e as redes sociais, assumiram esse lugar, mudando a figura do vendedor para um verdadeiro consultor de produtos ou serviços   

Esse novo mecanismo de busca do consumidor antes de decidir pela compra é válido tanto para lojas físicas, quanto virtuais. Isso significa que, quanto mais bem classificada estiver a sua página no Google, maiores as suas chances de converter vendas.

Existe ainda um outro fator importante: o cliente precisa confiar na loja virtual. Ele não poderá ver, tocar ou testar o produto, por isso, é importante criar estratégias e usar ferramentas capazes de fazer com que ele se sinta seguro para finalizar a compra. 

Apesar disso, existe uma diferença no tempo de amadurecimento dos leads. Os processos no e-commerce tendem a ser mais rápidos, porém isso não quer dizer que você deva oferecer apenas valores e descontos. O consumidor de hoje é mais exigente em qualquer ambiente, por isso, mesmo e-commerces renomados devem investir em conteúdos dinâmicos para atrair a atenção dos clientes. 

É aí que entra o Inbound Commerce, nome dado a aplicação do Inbound Marketing em comércios eletrônicos.  

Processo de compra do Inbound Commerce

A jornada de compra do cliente em um e-commerce segue as mesmas quatro etapas do Inbound Marketing:

  1. Aprendizado e descoberta
  2. Reconhecimento do problema
  3. Consideração da solução
  4. Decisão

Adotar algumas estratégias, especialmente a produção de conteúdo, é essencial para converter os 98% futuros consumidores que se encontram nas fases I e II. A conversão ocorre quando o usuário fornece suas informações de contato. O “x” da questão é criar gatilhos para que ele tome essa ação. 

Existem algumas estratégias que você pode usar para conseguir isso. Vamos falar sobre oito que farão toda diferença nas vendas do seu e-commerce. 

Conheça a persona 

Como já falamos diversas vezes, a persona descreve detalhadamente aquele cliente ideal que você deseja atrair, incluindo seus hábitos e necessidades. Essa compreensão profunda do consumidor ajuda a traçar uma estratégia de marketing mais eficaz. Além disso, também possibilita a escolha mais assertiva do estoque e do design da loja virtual, aumentando as chances do lead decidir pela compra.   

Faça uma boa descrição do produto

Como falamos acima, o consumidor de um e-commerce não poderá tocar, ver ou testar o produto, por isso, é fundamental descrevê-lo para que ele descubra se atende às suas necessidades e se sinta seguro para comprar. 

Busque criar descrições bem detalhadas e aprofundadas com o máximo de informações possíveis. Você pode criar diversas guias separando os tipos de informações relacionadas à cada produto, como: informações gerais, como usar, como montar, etc.  

Outra dica interessante é reunir as perguntas mais comuns que você já recebeu sobre aquele produto e respondê-las na descrição. Também é importante compartilhar informações sobre as atualizações realizadas no produto. 

Por fim (mas muito importante), lembre-se do SEO. Pesquise palavras-chave com boas possibilidades de ranqueamento e insira-as nas descrições. 

Crie um blog 

Continuando a falar sobre SEO, um dos critérios que o Google avalia é a produção de conteúdo relevante e autêntico pelas páginas. Por isso, ter um blog é uma excelente forma de posicionar melhor a sua loja virtual e aumentar o número de acessos. 

Além disso, o blog ajuda a estreitar o relacionamento com o cliente, diminuir o custo de aquisição de cliente e melhorar a credibilidade do seu negócio. O resultado disso é o aumento das vendas.  

Invista em imagens e vídeos

Tão importante quanto a descrição são as imagens e os vídeos, afinal, são os três juntos que possibilitam ao cliente entrar em contato com o produto. 

Ao realizar uma busca por um produto, como um relógio, por exemplo, é essencial que as fotos apareçam em destaque junto com a descrição. Você pode usar algumas técnicas para conseguir isso:

  1. Utilize a tag alt text para descrever a imagem no momento em que subir no site;
  2. Salve o arquivo com o nome e a marca do produto. 

Após atrair o visitante para a página, os vídeos podem fazer o restante do trabalho para gerar a conversão. Por exigirem um menor esforço cognitivo, muitas pessoas preferem este formato de conteúdo para se informar sobre um assunto ou decidir por uma compra. 

Procure gravar vídeos que aproximem a sua empresa dos clientes. Usar uma estratégia de storytelling, mostrar os bastidores e gravar opiniões e depoimentos são ótimas maneiras de fazer isso. 

Lembre-se que tanto as imagens quanto os vídeos devem ser de boa qualidade.  

Use ferramentas para conversão 

Criar pontos de conversão dentro da loja virtual é imprescindível para que o lead caminhe mais rapidamente por todas as etapas da jornada de compra do cliente. 

Existem diversas formas de se fazer isso, mas vamos destacar as três principais:

  1. Call to action (CTA): a chamada para ação é essencial para que o lead faça o que você deseja. Você pode espalhar diversos botões com CTAs ao longo da página para que o cliente evolua no processo de compra;
  2. Landing pages: podem ser criadas landing pages com descontos para qualquer produto da loja, sendo que a oferta só é liberada após o preenchimento de um formulário. As landing pages também podem ser focadas em produtos únicos, apresentando-os com mais detalhes ou ofertando uma super promoção. 
  3. Descontos: uma boa forma de acelerar a conversão é entregar uma oferta irresistível para o usuário que está prestes a sair do site, como 20% de desconto, por exemplo. A oferta deve estar condicionada ao preenchimento do campo do e-mail. Assim, se ele não converter, você pode reforçar a oferta enviando um e-mail ou inseri-lo em um fluxo de nutrição. 

Mantenha o lead engajado quando ele não comprar de primeira

A pior coisa que pode acontecer é o lead abandonar o carrinho, pois isso significa uma oportunidade de venda perdida. Normalmente isso acontece quando aparecem custos adicionais no fechamento, quando o usuário é impactado por uma oferta mais atrativa de um concorrente ou quando não está pronto para decidir. 

Quando isso acontece, é necessário adotar algumas estratégias para reconquistar o lead. Os e-mails automatizados, benefícios e anúncios de remarketing funcionam muito bem. 

Incentive os clientes a enviarem depoimentos e reviews

Em diversas situações, a opinião de terceiros é decisiva no momento da decisão de compra. Os comentários positivos são fatores que podem funcionar como aquele “empurrãozinho” que o cliente precisa para optar pela sua loja. 

Crie uma página específica para os reviews ou contrate uma plataforma de comentários. Você também pode espalhar depoimentos pelas suas páginas. 

Dica Arerê: você também receberá reviews negativos, isso é inevitável. Mesmo não sendo isso que gostamos de mostrar para quem acessa nossas páginas, não censure as avaliações. Trate as críticas como uma oportunidade para melhorar seu serviço.  

Inclua um FAQ

O FAQ é fundamental para dar maior segurança ao cliente, esclarecer suas principais dúvidas e reduzir a demanda do SAC. Muitas dúvidas simples e frequentes podem ser respondidas através dos FAQs.

Garanta que o conteúdo seja informativo, direto e objetivo, com uma linguagem acessível e leve. Você também pode usar vídeos, imagens e infográficos para detalhar ainda mais determinadas informações. 

Vender na internet em meio a tantos concorrentes é um desafio, porém, essas estratégias vão ajudá-lo bastante a conquistar a confiança do cliente. 

Coloque-as em prática e conte para gente quais foram os resultados!

NEWSLETTER

Não perca nenhuma novidade! Assine nossa newsletter para acompanhar nosso conteúdo.